terça-feira, 19 de junho de 2012

DÚVIDAS FREQUENTES: "A CERVEJA QUE DESCE REDONDO ou REDONDA?"

Há divergências nas opiniões a respeito dessa questão.

Alguns gramáticos afirmam que há erro na sentença "A CERVEJA QUE DESCE REDONDO". Para eles, a palavra "redondo" é um adjetivo que se refere ao substantivo "cerveja", por isso, deveria concordar em  gênero com ele, ou seja, ficar no feminino _ "redonda".

Entretanto, outros gramáticos consideram que "redondo" é um advérbio e se refere ao verbo "descer", portanto, que está correta a concordância no masculino.

Evanildo Bechara, por exemplo, afirma que "na língua portuguesa atual, a tendência é para nestes casos [de alternância entre adjetivo e advérbio] proceder dentro da estrita regra da gramática e usar tais termos sem flexão, adverbialmente." (grifo nosso)

Por outro lado, Domingos Paschoal Cegalla considera que: "ambas as concordâncias são corretas".

Exemplos a favor do masculino:

"A mãe ia lá dentro e chorava escondido." (Autran Dourado, Armas e corações, p. 10)
"José Dias ria largo..." (Machado de Assis, Dom Casmurro, cap. V)

Exemplos a favor do feminino:

"Dona Eusébia entrou inesperadamente, mas não tão súbita que nos apanhasse ao pé um do outro." (Machado de Assis, Brás Cubas, p. 169)"

Rasgado [o azul do céu] por nuvens que passaram rápidas..." (Diná Silveira de Queirós, A muralha, p. 31)


Fontes: CEGALLA, Domingos Paschoal, Dicionário de Dificuldades da língua portuguesa, 3ª ed.,p. 341
BECHARA, Evanildo, Moderna Gramática Portuguesa, 37 ed. Revisada e Ampliada, p. 552)

Um comentário:

Mariana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.