quinta-feira, 8 de julho de 2010

NOVA ORTOGRAFIA: hífen em palavras compostas

Devem ser escritas com hífen as palavras compostas por substantivos, adjetivos, numerais ou verbos que, quando se unem, passam a ter sentido diferente daquele correspondente a elas isoladamente, mas desde que não exista algum termo (a, de, sem etc) entre elas. 

É o caso de: 

sócio-gerente 
primeiro-ministro 
primeiro-sargento 
guarda-noturno 
diretor-secretário 

e também de: 

gerência-geral 
gerente-geral 
diretor-geral 
diretor-presidente 
diretoria-geral 
secretariado-geral 
secretário-geral 

Segue o teor da regra que está na base XV do Novo Acordo Ortográfico

 "Emprega-se o hífen nas palavras compostas por justaposição que não contêm formas de ligação e cujos elementos, de natureza nominal, adjetival, numeral ou verbal, constituem uma unidade sintagmática e semântica e mantêm acento próprio, podendo dar-se o caso de o primeiro elemento estar reduzido: ano-luz, arcebispo-bispo, arco-íris, decerto-lei, és-sueste, médico-cirurgião, rainha-cláudia, tenente-coronel, tio-avô, turma-piloto, alcaide-mor, amor-perfeito, guarda-noturno, mato-grossense, norte-americano, porto-alegrense, sul-africano, afro-asiático, afro-luso-brasileiro, azul-escuro, luso-brasileiro, primeiro-ministro, primeiro-sargento, primo-infecção, segunda-feira; conta-gotas, finca-pé, guarda-chuva."

Observação: Pela nova ortografia, os compostos formados por elemento de ligação são escritos sem o hífen _ pé de moleque, com exceção daqueles que designam espécies botânicas e zoológicas: joão-de-barro; bem-te-vi; porco-da-índia.



Fonte: Vocabulário Ortografico da Língua Portuguesa, 5ª ediação.

4 comentários:

VyvyTex disse...

Nossa! Escrever pé de moleque sem hífen é muito esquisito! Dá a impressão de estarmos falando do pé de um moleque, e não do doce...

guilherme albuquerque disse...

nossa quelegal essas mudanças achei legal










Gleice disse...

Concordo VyvyTex, parece que estamos falando de outra coisa, perdeu o sentido. xD

Geraldo Pereira disse...

Já viram "maria vai com as outras" no Vocabulário? De substantivo composto virou uma oração, com sujeito e predicado!