terça-feira, 31 de agosto de 2010

NOVA ORTOGRAFIA: datas importantes

UMA SÍNTESE BÁSICA DA CRONOLOGIA DO NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO: 

1990 - Assinatura do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa em Lisboa, no dia 16 de dezembro, entre sete países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe (a adesão de Timor Leste foi em 2004)

1995 - O Congresso Nacional aprova o Acordo assinado em 1990, por meio do Decreto nº 54, de 18 de abril

1998 - Assinado o Protocolo Modificativo ao Acordo, em Praia, no dia 17 de julho

2002 - O Congresso Nacional aprova o Protocolo Modificativo, por meio do Decreto Legislativo n° 120, de junho

2004 - O Governo brasileiro confirma o Acordo junto ao Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal e
            - Assinado o Segundo Protocolo Modificativo, em São Tomé e Príncipe, dia 25 de julho

2007 - No dia 1º de janeiro, o Acordo entra em vigor internacional, inclusive para o Brasil, no plano jurídico externo

2008 - O Acordo e os Protocolos Modificativos são promulgados, respectivamente pelos Decretos 6.583, 6.584 e 6.585, em 29 de setembro

2009 - O Acordo passa a valer no Brasil, a partir de 1º de janeiro, conforme consta no Decreto 6.583, assinado em 2008

1º/01/2009 a 31/12/2012 - PERÍODO DE TRANSIÇÃO - serão aceitas as duas ortografias até dezembro de 2012, exceto para os livros didáticos (adaptados até 2010)

2010 - adaptação dos livros didáticos de ensino fundamental e médio, conforme Resolução nº 17 do MEC, assinada em 17 de maio de 2008

2013 - A Nova Ortografia será a única oficial no Brasil
ATENÇÃO:
2016 - NOVA DATA DE ENTRADA EM VIGOR DA REFORMA ORTOGRÁFICA

4 comentários:

Anônimo disse...

Thanks for the blog info. I’d like to subscribe to your RSS. :)

Heliete disse...

You're welcome.
Sorry, but we do not adopt this systematic

Marco Antonio disse...

Heliete,

Parabéns pela iniciativa.

Tenho uma dúvida.
Ouve-se falar muito nas mídias a expressão "por conta de ...".
Pergunto: por causa de ... está incorreto?

Penso que "por conta de ..." é algo mais moderno e o "por causa de ..." seria à moda antiga.

Gostaria de tua prestimosa opinião.

Att.,

Marco Antônio

Heliete S. Millack disse...

Senhor Marco Antonio,

A locução prepositiva "por causa de", se usada no sentido de "por motivo de", está correta. O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa registra a locução "por conta de" como tendo o mesmo significado de "por causa de" e exemplifica: "por conta da nova lei, os impostos serão aumentados".
(p. 815)
Portanto podemos afirmar que as duas formas se equivalem.
Entretanto, na minha opinião, concordo com o senhor "por conta de" parece-me ser uma experssão mais moderna.
É uma boa questão para ser objeto de estudo linguístico, caso ainda não o tenha sido.